"Vai Anitta": o documentário que tem de ver neste fim de semana

30 de março de 2019

D.R.

A cantora Anitta completa hoje 26 anos de vida e, se é fã do seu trabalho, temos o plano ideal para si. O documentário "Vai Anitta", lançado em Novembro de 2018, em parceria com a Netflix, conta com seis episódios dedicados à sua vida, dentro e fora dos palcos. 
Nesse documentário pode ficar a par de todos os desafios que a jovem percorreu até ao sucesso internacional que tem hoje em dia. Vinda de uma família humilde, a cantora relata a sua infância e o início da sua carreira, com todos os seus sucessos, medos e como foi capaz de gerir o seu negócio e crescer.
O documentário conta ainda com vários testemunhos, desde familiares e amigos de infância, até aos seus colegas, com quem trabalhou e fez parcerias, como é o caso da Rita Ora, Jojo Todinho, Alesso e J. Balvin. É também possível ver os bastidores dos videoclipes e concertos, onde se vê o lado mais profissional da cantora.
Por outro lado, o documentário mostra também o seu lado mais pessoal, com a relação que mantinha, naquela época, com o seu ex marido, Thiago Magalhães. Podem ver-se ainda imagens do seu casamento, numa cerimónia reservada para os dois, no mesmo local, na Amazónia, onde gravou o videoclipe da música "Is That For Me", com Alesso.
Uma produção que é também caracterizada pelo "woman power" da cantora, que relata, na primeira pessoa, os momentos em que se foi a baixo, deixando-se levar pela pressão do trabalho. Anitta conta que passou por momentos de depressão e como conseguiu ultrapassá-los.

D.R.


-Joana Beja

5 filmes para ver no Dia do Pai

19 de março de 2019

D.R.
No Dia do Pai, sugerimos cinco longas-metragens sobre o amor entre pais e filhos. Para ver com o pai, com o pai dos filhos, com os filhos, com as mães ou até sozinha, porque vale sempre a pena passar o serão a ver um bom filme. 

Para sempre, talvez... (2008)
William Hayes (interpretado por Ryan Reynolds) está a divorciar-se da sua mulher e mãe de Maya (interpretada por Abigail Breslin), a filha que têm em conjunto. Num dia à noite, a filha pede-lhe que conte a história de como conheceu a mãe e de como era a vida antes de se casar. William começa a contar tudo, desde 1992, mas altera os nomes das três mulheres com quem se envolveu e de quem fala, de forma a que Maya tente adivinhar qual das três é a mãe. A história é envolvente e só quase no fim é que Maya acerta, mas vale a pena ver como a relação entre o pai e a filha se desenvolve até ao último minuto do filme. 

Era uma vez... um Pai (2004)
Também conhecido como Jersey Girl, este filme conta a história de Ollie Trinke (interpretado por Ben Affleck), um homem com um bom emprego, a mulher que amava ao seu lado e uma filha a caminho. No entanto, a vida de Ollie desmorona-se quando, no parto, Gertrude (interpretada por Jennifer Lopez) morre. A juntar à tragédia, Ollie perde o emprego e é obrigado a voltar para New Jersey, para casa do pai, para criar a filha. Mais uma história sobre o laço que une um pai e uma filha e sobre o aprender a apreciar as pequenas coisas da vida (que são as melhores de todas). 

O pai da noiva (1991)
Não é fácil para um pai ver a filha crescer, certo? Tudo piora quando, apesar de o pai ainda a imaginar com cinco anos, ela aparece em casa a dizer que tenho um namorado e vai casar. De repente, George Banks (interpretado por Steve Martin) tem um casamento para organizar e, ao mesmo tempo, tem de aceitar que a filha cresceu e já não é a menina que fazia sempre tudo com o pai. Aproveite para fazer sessão dupla e veja o segundo filme 'O pai da noiva 2' (1995), no qual George descobre que vai ser avô e pai ao mesmo tempo, pois a filha Annie e a mulher Nina estão ambas grávidas. 

I am Sam - A força do amor (2001)
Sam Dawson (interpretado por Sean Penn) é um homem com um atraso intelectual e a capacidade de uma criança de sete anos. Sam tem uma filha, Lucy (interpretada por Dakota Fanning), que, ao fazer sete anos, começa a ultrapassar intelectualmente o pai. Uma assistente social fica atenta à situação e quer que Lucy seja entregue a um orfanato pois acredita que Sam não tem capacidades para cuidar da filha. Para conseguir ficar com a filha, Sam conta com a ajuda de Rita Harrison (interpretada por Michelle Pfeiffer), a advogada que o vai representar. Mais um filme que nos conta a história de um pai que, apesar das capacidades limitadas, está disposto a lutar pela guarda da filha, e nos mostra que, no fim de contas, nada mais importa para além do amor.

À noite, no museu (2006)
Larry Dailey é divorciado (interpretado por Ben Stiller) e tem a seu cargo o filho de 10 anos, Nick. Ao fim de vários empregos mal sucedidos, Larry é contratado como segurança noturno no Museu Americano de História Natural. No entanto, quando a noite chega, Larry descobre que as figuras do museu ganham vida por causa de um artefacto egípcio raro. Para proteger o artefacto e o museu, Larry conta com a ajuda de algumas figuras históricas e do filho Nick. Mais uma vez, se estiver no mood, aproveite para ver os filmes 'À noite, no museu 2' e 'À noite, no museu 3: o segredo do Faraó'.

- Andreia Rodrigues




11 sugestões de presentes para o Pai

11 de março de 2019

Definitely Maybe (2008)
O dia do Pai celebra-se a 19 de março, o que significa que falta apenas uma semana para o dia em que se dá aos pais um mimo extra. Já sabe o que vai oferecer ao seu pai? Escolhemos 11 presentes possíveis para celebrar esta ocasião. E não se esqueça do abraço e de mostrar ao seu pai o quanto gosta dele. 
€8,90, "Conversas com o meu pai" de Gotham Chopra e Deepak Chopra, Wook // €3,85, Vinho Pai, no El Corte Inglés // €67,55 Hugo Boss, na Sephora // Pantufas Mr. Wonderful, na Fnac // €20, CD Queen, na Fnac // €99,99, Gira-Discos Crosley, na Fnac // €190, caneta Caran d'Ache, no Mr. Porter // €23, caneca Star Wars, na Fnac // €19,95, Camisa Zara // €130, sapatos Berlot Lisboa // €99,99, Mochila Zara

- Andreia Rodrigues 

March Wishlist

3 de março de 2019


Chegou março, o mês em que regressa a Primavera, a hora muda para o horário de verão, e as flores voltam a desabrochar.
Março é também o mês em que se celebram as mulheres, embora por aqui o façamos o ano inteiro. Para comemorar o Dia Internacional da Mulher, que acontece a 8 de março, o Net-a-Porter juntou-se a seis designers para que cada um criasse uma t-shirt exclusiva para apoiar a Women for Women International. A nossa favorita é a da Victoria Beckham, mas estão todas disponíveis no site. Todas as vendas das t-shirts revertem a 100% para a Women for Women International.
Veja as restantes peças da nossa wishlist do terceiro mês do ano. 

€190, T-shirt "I am her.", Victoria Beckham, no Net-a-Porter // €15,21, Livro "O Poder da Meditação" de Rute Caldeira, Wook // €13,95, Agenda Mr. Wonderful, na Pop the Bubble // €55, Colar Gone Rouge, Cinco // €32, Creme de Corpo "Favorito", Claus Porto // €15-45, Mapa de Estrelas personalizado com dia especial, Mapa de Estrelas // €395, Carteira Mercês Sand, Manjerica // €92, Reeebok Classic, na Spartoo

- Andreia Rodrigues 



Dupe vs Réplica: Conheça as diferenças!

1 de março de 2019


Um dupe e uma réplica são dois conceitos que, muitas vezes, são confundidos e que as pessoas até consideram ser a mesma coisa. É verdade que ambas as palavras se referem a produtos que se assemelham a outros, de outra marcas, mas com preços mais acessíveis. Contudo, existem algumas diferenças, que na hora de comprar um produto, é muito importante que tenha conhecimento delas. 
Primeiramente, um dupe é um produto que foi inspirado noutro, ou seja, que é semelhante a um produto de uma outra marca, mas que tem a sua própria marca, embalagem, nome e ingredientes. Para exemplificar, podemos referir que os produtos da Primark são muitas das vezes, inspirados noutros produtos de outras marcas, sendo por isso dupes. A Primark assume a sua própria identidade enquanto marca, mas fabrica os produtos com inspiração noutra marcas, usando os seus próprios ingredientes.

2.Primark Amber Passion Palette - €3.50

Por outro lado, uma réplica é um produto que foi totalmente copiado de outra marca, ou seja, usa o mesmo nome, uma embalagem igual e faz-se ainda passar pela marca. Para além de não ser legal, estes produtos podem ser perigosos, na medida, em que não se sabe qual é o seu fabricante, nem os ingredientes que são usados para os produzir, uma vez que a embalagem é igual e os ingredientes que são indicados, são os do produto original. Neste caso, temos como exemplo os produtos que são vendidos em plataformas digitais, como o Ebay e o Aliexpress, que são bastante conhecidos por venderem todo o tipo de réplicas. 
É ainda importante realçar que estes produtos podem ser prejudiciais para a saúde, sendo que não é aconselhável que os experimente, uma vez que, não sendo o fabricante reconhecido, este, não está registado. Quando uma marca e respectivos produtos, são legalmente registados, eles passam por várias normas legais para serem comercializados e com os ingredientes devidamente identificados.
2. A réplica pode ser encontrada com preços que começam por $1

- Joana Beja

Latest Instagrams

© Mulheres da Vida Airada. Design by FCD.